Marchas populares, desenvolvimento e política social

Os protestos de junho de 2013 parecem ampliar os horizontes da política e da democracia. A reivindicação de que “o cidadão, e não o poder econômico, esteja em primeiro lugar” recoloca o conflito redistributivo no centro do debate nacional. A possibilidade de contribuir para esse debate motivou a série de artigos sob o tema “Desenvolvimento e política social”. O Economista da Unicamp e membro da Plataforma Política Social, Eduardo Fagnani, coordenou a série publicada durante as comemorações dos 25 anos da Constituição, em 2013.

 

As marchas de junho de 2013, Eduardo Fagnani | Aqui 

Tentando decifrar o enigma, Eduardo Fagnani | Aqui 

Democracia e Estado de Bem-Estar Social, Eduardo Fagnani | Aqui 

Paralelos entre 1988 e 2013, Eduardo Fagnani | Aqui 

Revisitando 1988, Eduardo Fagnani | Aqui 

O que ocorreu entre 1988 e 2013?, Eduardo Fagnani | Aqui 

Mudar para conservar, Eduardo Fagnani | Aqui 

Neoliberalismo e marchas: o que uma coisa tem a ver com a outra?, Eduardo Fagnani | Aqui 

Neoliberalismo e “mal-estar contemporâneo”, Eduardo Fagnani | Aqui 

O avesso do “padrão Fifa”, Eduardo Fagnani | Aqui 

Uma difícil travessia, Eduardo Fagnani | Aqui

Deixe uma resposta